Crise ou Oportunidade?

É inquestionável o impacto do coronavírus (COVID-19) sobre nosso país e sobre o mundo todo.

Inquestionáveis, portanto, são as consequências sobre as empresas, e suas atividades, que alteraram, em sua maioria, a forma de trabalhar e atender seus clientes.

Regras de como proceder e manter a atividade, ainda que de forma mínima e remota, foram estabelecidas, tendo o Governo Federal publicado Medidas Provisórias, estabelecendo normas de corte  de salário, redução de jornada, férias (coletivas ou individuais) e antecipação de feriados não religiosos.

No entanto, será que, no futuro (que esperamos estar perto de chegar), as empresas estarão prontas para receber seus empregados depois do isolamento forçado? Como lidarão com as consequências emocionais que o isolamento impôs a todos?

E como será enfrentada a ideia de retomada das atividades e atenuação dos prejuízos financeiros causados?

Essas questões estão intimamente ligadas a nosso posicionamento sobre a relação próxima que o Departamento de Recursos Humanos deve ter com o jurídico trabalhista.

Uma empresa que vem se preocupando com o acolhimento de seus colaboradores e a retomada, no momento oportuno, da plena atividade econômica,  pode estar anos luz de distância daquela que está esperando a tempestade passar, para voltar a produzir!

A preocupação com o próximo e o incentivo ao bem estar psicológico certamente ajudarão seu empregado a reencontrar propósito no que faz e poderão, com certeza, ser instrumento de incentivo ao retorno a seu posto de trabalho e auxílio da produção e crescimento.

É inegável que a união entre empregados e empregador poderá ajudar na superação da crise decorrente de momento tão delicado que todos estamos passando.

Esta é a oportunidade de fazer diferente e estamos certos de que podemos auxiliar sua empresa a superar esse momento tão difícil e voltar a crescer.

Esse conteúdo possui cunho meramente informativo e toda e qualquer dúvida deverá ser sanada por um profissional capacitado para emitir juízo de valor acerca da situação.

Autor | 2020-06-01T10:57:14-03:00 maio 29th, 2020|Artigos|
× Contato