Novembro Azul – Conheça os direitos do trabalhador com câncer de próstata

Devido a um número alarmante de 2017, quando 6.149 trabalhadores foram afastados do trabalho em decorrência do câncer de próstata, o Ministério do Trabalho aderiu à campanha Novembro Azul. Além de visar ao esclarecimento do assunto, será garantido ao trabalhador com diagnóstico positivo:

– Saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep, respectivamente, em agências da Caixa Federal ou Banco do Brasil;

– Auxílio-doença, quando o médico indicar o afastamento do trabalho, e, se for o caso, requerer a aposentadoria por invalidez;

– Acréscimo de 25% no valor do benefício conhecido por Auxílio Acompanhante, nos casos em que o trabalhador necessite de cuidados permanentes de outra pessoa. Esse valor adicional é pago diretamente pelo Instituto Nacional de Seguro Social.

Autor | 2019-11-06T18:33:05-02:00 novembro 17th, 2019|Notícias|